quinta-feira, 10 de dezembro de 2009

Covers e Versões

Gosto muito de versões que mudam realmente os arranjos das músicas e as vezes até o contexto da letra dependendo do ritmo e tom em que a música é cantada.
Selecionei algumas versões bem interessantes.Todas tem sua peculiaridade. Vale ouvir.
Atenção especial para a versão de 'Girls just wanna have fun' que cantada por um homem muda sua leitura completamente.



Don't stop the music (Rhianna- versão: Jamie Cullum)
Girls just wanna have fun (Cindy Lauper- versão: Greg Laswell)
Afro blue (John Coltrane - versão: Liz Wright)
Come as you are (Nirvana- versão: Dani Siciliano)
Someone to watch over me (George & Ira Gershwin- versão: Amy Winehouse)
Ponta de Areia (Milton Nascimento- versão: Esperanza Spalding)
Eu quero um samba (Haroldo Barbosa-versão: Zizi Possi)
Billy Jean (Michael Jackson - versão: Caetano Veloso)
Sweet Jane (The Velvet Underground- Versão: Cowboys Junkies)
High and Dry (Radiohead- versão: Jorge Drexler)
Inside and out(The Bee Gees - versão: Feist)
Moça (Wando- versão: Caetano Veloso)
Singing in the rain (Arthur Freed, Herb Brown- versão: Jamie Cullum)
Toxic (Britney Spears- versão Yael Naim)
Take me out (Franz Ferdinand - versão Scissors Sisters)

7 comentários:

  1. Sweet Jane (The Velvet Underground - versão Patti Smith e Leonard Cohen)
    Purple Rain (Prince - versão Stina Nordenstam)
    Sound & Vision (David Bowie - versão The Sea and Cake)
    Ice Ice Baby (Vanilla Ice - versão Ben Kweller)
    Bom Crioulo (Ataulfo ALves - versão Itamar Assumpção)
    A Little Lost (Arthur Russel - Versão Jens Lekman)
    Unravel (Björk - versão Radiohead)
    Hyperballad (Björk - versão Yeah Yeah Yeahs)
    Satisfaction(Rolling Stones - versão Björk e PJ Harvey)

    ResponderExcluir
  2. Eu vou a mostrar 2 musicas de hip-hop. O hip-hop coloca samples de jazz e soul, so olhen:

    Lupe Fiasco - Paris, Tokyo (Eumir Deodato - San Juan Sunset)

    2PAC - Late Night (Donald Byrd - Wind Parade)

    ResponderExcluir
  3. Pin Up, minha cara, gostaria de acrescentar a versão de Tori Amos, pra "Enjoy the silence" do Depeche Mode, que enfatiza o "silence" e o aspecto intimista da letra, bem ao gosto da versão original do Martin Gore. "Always on my mind" com os Pet Shop Boys, clássico dançante oitentista que fez mais sucesso que a versão do Elvis Presley e "Tainted love" do Soft Cell, cuja versão tecnopop do soul de Gloria Jones se tornou o single mais vendido de todos os tempos. Ah! Claro, tem a versão de "Superfantástico" com o Arnaldo Antunes e Penélope do clássico absoluto da turma do Balão Mágico, que por sua vez, já é uma versão do italiano.

    ResponderExcluir
  4. O Celso Fonseca conseguiu o milagre de transformar "Se ela dança, eu danço"(MC Leozinho)numa pérola.

    ResponderExcluir
  5. Esqueci de citar 'Só danço samba' cantada pelo Smoke City. Versão bem despretenciosa e lounge.

    ResponderExcluir
  6. Completo com Maria gadu - Baba Baby

    ResponderExcluir
  7. Há duas versões do Morrissey que acho melhor que as originais:

    1. Redondo Beach da Patti Smith
    2. Drive in saurday do David Bowie

    ResponderExcluir

Seguidores

 

Contador Grátis